XFXamlCValidateOnly: Diminuindo mais ainda o tempo de build em apps Xamarin.Forms

XFXamlCValidateOnly: Diminuindo mais ainda o tempo de build em apps Xamarin.Forms

No ano de 2019 o grande foco da equipe do Xamarin foi melhorar a experiência de desenvolvimento na plataforma Xamarin, isso incluiu melhorias em tempo de build, ferramentas de produtividade, como o hot reload, diminuição no tamanho do app, tempo de startup, etc. Acompanhando o blog da Xamarin dá pra perceber que vários posts estão focados nessas melhorias, mas uma delas, mais recente, não teve post, e com ela é possível diminuir ainda mais o tempo de build de aplicações feitas com Xamarin.Forms, usando apenas um atributo novo, o XFXamlCValidateOnly.
Testes mais legíveis com FluentAssertions em projetos nUnit.Xamarin

Testes mais legíveis com FluentAssertions em projetos nUnit.Xamarin

Eu acredito que ter testes automatizados bem escritos para a aplicação que você está desenvolvendo é essencial para que ela seja manutenível com qualidade no futuro, levo isso bem a sério em todos projetos em que participo, adicionando todos os testes que julgo necessário para o projeto (unidade, integração, funcional, performance, etc.). As duas ferramentas citadas no título ajudam nesses pontos: o nUnit.Xamarin é a versão do nUnit que permite ter testes integrados em aparelhos para aplicativos móveis, e o FluentAssertions é a lib que permite escrever testes de uma maneira mais fluida e legível. Mas os dois não se dão muito bem juntos, é preciso fazer alguns ajustes extras pra que eles funcionem perfeitamente, e é isso que vou mostrar nesse post: como configurar o FluentAssertions pra se comportar direitinho dentro de um projeto de testes com nUnit.Xamarin.
Testes de Unidade para HttpClient no .NET com o Flurl

Testes de Unidade para HttpClient no .NET com o Flurl

No post anterior expliquei como o Flurl permite construir URLs, fazer e testar chamadas HTTP de forma muito mais legível. Também comentei que infelizmente a parte de testes do Flurl não funcionava com o HttpClient, mas isso é só parcialmente verdade 👀, porque depois de investir um tempo lendo o código do Flurl consegui enganá-lo para que sua estrutura de testes funcione com o HttpClient, e é isso que vou mostrar neste artigo.
Chamadas HTTP mais legíveis para .NET com Flurl

Chamadas HTTP mais legíveis para .NET com Flurl

O HttpClient do .NET é uma das classes mais usadas em projetos que consomem algum tipo de web service ou API externa. Com ele é possível fazer chamadas HTTP totalmente assíncronas e facilmente ler strings de serviços. Desde sua chegada ele se tornou a forma oficial de fazer requisições HTTP, porém, se você já usou bibliotecas de outras linguagens, pode concordar que sua legibilidade cai à medida que você precisa montar requests mais complexos. Para ajudar nesses cenários é que existe o projeto Flurl.