Desde o início da quarentena, o setor de tecnologia foi dos poucos que se manteve fortalecido, sobretudo por conta do aumento das demandas de empresas para a digitalização de seus negócios. Neste sentido, nós, da Lambda3, nos preparamos para a crise.

Já tínhamos um modelo de home-office flexível, apesar da adoção não ser full time. Então, o momento foi propício para a implementação e disponibilização total do trabalho em casa, pois era a alternativa mais viável devido às medidas de isolamento social. Assim, todas as pessoas da Lambda3 passaram a trabalhar remotamente e, desde então, além do empenho dos times, a ajuda deste formato vem nos trazendo resultados contundentes.

Se inicialmente, a nossa meta era manter todos os colaboradores, durante a pandemia contratamos 16 pessoas e, agora, a empresa soma 100, sendo que, 31% dessas contratações recentes são de pessoas de outros estados – uma dificuldade que tínhamos, antes da quarentena. Além disso, estimamos aumento de 40% no faturamento até o final deste ano, em comparação com 2019.

A prioridade dos nossos clientes para os projetos de transformação digital, todo o esforço das equipes para manutenção da qualidade de entrega e a agilidade que tivemos com o suporte para viabilizar recursos tecnológicos e infraestrutura adequada são combinações que nos permitiram completar 10 anos com motivos de sobra para celebrarmos.

Concluímos uma década de mercado em meio a um cenário econômico caótico no País, mesmo com diversas empresas fechando as portas ou demitindo funcionários por conta da crise.