Entrega. Esse substantivo tão simples e comum em diferentes aspectos de nossa vida, tem uma conotação ainda mais intensa quando vivenciamos o contexto de desenvolvimento de software.

Toda a relação estabelecida entre cliente e fornecedor, que para nós da Lambda3 se trata mais de uma parceria do que uma fria relação comercial, gira em torno de uma expectativa de entrega.

Expectativa para o cliente, de que a entrega desejada aconteça no tempo esperado, com a qualidade contratada e que atenda a um problema ou oportunidade identificados previamente. Expectativa para nós, Lambda3, que esta entrega além de atender ao tempo, qualidade e valor que o cliente espera, consolide nossa credibilidade e fortaleça nossa parceria.

Nosso trabalho não se restringe a um core específico de negócio. Possuímos clientes de diferentes vertentes de atuação no mercado, tais como seguradoras, instituições financeiras, varejo, indústrias, startups, entre outros. Essa característica nos traz a oportunidade de nos relacionarmos com diferentes conceitos de entrega, cada um com as particularidades de cada perfil de cliente. Para alguns, a entrega deve ser completa, de tudo o que foi previsto para a solução. Outros são mais receptivos a proposta de MVP (Minimum Product Viable). Para outros, a expectativa de uma arquitetura incrível, com as tecnologias mais inovadoras enche os olhos e amplia a competitividade. Em outros casos, a prioridade é a melhor experiência possível para o usuário.

Para nós, isso é incrível! Diversidade é parte do nosso DNA e amplia possibilidades de forma inimaginável, gerando aumento de repertório e alto poder de adaptabilidade. No fim, o que importa é o valor que a entrega representa dentro do seu contexto. 

Mas como fazer isso funcionar na prática?

Nossa base de trabalho se fundamenta em agilidade. Por si só, essa abordagem favorece diferentes estratégias de entrega. Associado a isso, nosso processo de trabalho prevê além do momento de definições iniciais onde se entende e estrutura o que dever ser realizado, alinhamentos recorrentes com o as “pessoas chave” impactadas pelo projeto que não estejam tão próximas do dia a dia da execução. Dessa forma, garantimos que o direcionamento que está sendo seguido na rotina de implementação é coerente com a expectativa de entrega.

Além de alinhamentos sobre o direcionamento seguido, o sétimo princípio do manifesto ágil “Software funcionando é a medida primária de progresso” é parte fundamental de nossa rotina, garantindo uma visão real da evolução do trabalho, associada ao direcionamento de negócio manifestado.

Temos segredo? Na prática não, mas temos de sobra expertise, excelência, adaptabilidade e vontade de entregar.