Hoje tivemos vários anúncios interessantes no Microsoft Build 2018. Vou resumir alguns aqui.

Fizemos também uma live no Youtube da Lambda3, caso você queira nos ver comentando sobre eles:

O keynote começou filosófico, com várias discussões filosóficas. E não começou com o Satya, mas com uma mulher, super técnica, já acelerando! Microsoft como sempre dando o exemplo na inclusão de grupos sub representados na TI.

O assunto que dominou o keynote foi AI, seguido de IoT, DevOps, e Kubernetes, ou seja, tudo que tenha a ver com Azure. Você pode assistir o keynote online no site de dev da Microsoft.

Um dos anúncios mais interessantes foi o projeto Kinect para o Azure.

E muito IOT!

E muita inteligência artificial!

Outra coisa muito curiosa foi o fato de que a Alexa vai rodar no Windows 10 nativamente, e a Cortana vai rodar direto nos devices da Amazon, junto com a Cortana.

Dois novos projetos de realidade mista, que vem junto com a computação holográfica e o Hololens foram anunciadas, chamadas Microsoft Remote Assist e Microsoft Layout.

E na frente de AI e IoT juntos foi anunciada uma parceria com DJI para fazer drones industriais que fazem análise com AI. O case é mega interessante e as demos foram incríveis.

Teve menos coisas de dev, e ainda assim foram muitas.

Os anúncios de dev não foram feitos no keynote, mas foram em torno do .NET Core, que teve a versão 2.1 RC1 anunciada:

E o .NET Core 3.0 foi anunciado, assim como seu suporte a apps desktop. Mas está longe ainda.

A versão 2.1 RC1 está com uma licença de go live, ou seja, você já pode ir pra produção com suporte da Microsoft. Além de toda a conveniência, ainda temos ganhos de desempenho.

O Visual Studio 2017 15.7 foi anunciado, assim como o VS 15.8 preview 1. Tudo indica que o C# 7.3 também foi anunciado, mas no anúncio não diz, preciso confirmar. Estava dito num preview anterior.

E o Visual Studio for Mac 7.5 também foi anunciado.

Várias novidades sobre o Live Share, que agora entrou em public preview:

Houve também o anúncio, fora do keynote do Azure Blockchain Workbench.

E agora a Microsoft anunciou uma CDN própria. É um projeto bastante ambicioso.

O AKS mudou de nome, agora se chama Azure Kubernetes Service, mas ainda AKS. E várias evoluções foram anunciadas, inclusive que nas próximas semanas estará pronto, ou seja, será o único serviço gerenciado público de Kubernetes no Brasil.

E uma funcionalidade que é quase nova é o DevSpaces pro AKS, que já havia sido anunciado no Connect(); ano passado com o nome de Azure Connected Environment. Eu já testei o serviço e realmente é incrível. A demo foi engraçada, porque o microfone do Hanselman parou de funcionar e o Scott Gu o ajudou:

E uma nova funcionalidade do Visual Studio chamada IntelliCode foi anunciada. Ainda está em preview e disponível gratuitamente pra todos via uma extensão. Ela utiliza inteligência artificial para fazer sugestões de código. É bem interessante.

Uma biblioteca para Machine Learning para .NET foi anunciada, chamada ML.NET. Você a encontra no github dotnet/machinelearning.

E o App Center agora está no marketplace do Github, e todo o processo de ALM ficou bem mais simples com isso:

Fora o amor da Microsoft da Microsoft por Open Source, novamente reiterado. Eles anunciaram que a Microsoft é o maior contribuidor corporativo para FOSS no Github. O open source venceu, mesmo. Que tempos, pessoas!

E finalmente será possível rodar controles UWP no Windows Forms e no WPF. Isso quer dizer que essas apps em algum momento poderão usar o Edge em vez do IE para webview, o que é bem vindo.

Esse não foi um resumo completo de tudo que foi anunciado hoje, até porque o evento ainda está acontecendo e novos anúncios estão acontecendo a cada segundo. Foram os pontos que eu particularmente mais gostei e acho que vocês vão tirar valor também.

Gostaram? Estão acompanhando o evento?