E ai galera, como vocês estão? 😛

Chegamos ao quarto Post da nossa série, e hoje vamos aprender a dar superpoderes ao nosso bot. Como assim?! =O

É exatamente isso! Está na hora de aprender sobre os serviços cognitivos, serviços que dão poderes ao nosso bot para resolver diferentes problemas de negócio. “Mas que tipo de problemas? “, você deve estar se perguntando. Segura na minha mão e bora lá!

Cognitives Services

 

1. Visão

Este serviço abrange um conjunto de algoritmos de processamento de imagens que permitem a identificação de um objeto em uma imagem, as ações que estão ocorrendo nela, a inclusão de legendas e toda uma porção de possibilidades. Vamos explicar um pouco sobre cada serviço a seguir, mas antes, um adendo: eles já podem ser testados gratuitamente neste link (basta selecionar sua API, obter uma chave e fazer seu teste! ^^ ).

1.1 Computer Vision

Com o Computer Vision é possível classificar as imagens a partir de critérios pré-estabelecidos (por exemplo, por faixa etária), reconhecer as atividades ou os objetos presentes na imagem, reconhecer rostos de celebridades ou lugares famosos, caracteres (ORC) e até mesmo manuscritos. A Microsoft disponibiliza varias demos que mostram como aplicar este serviço para estes e outros contextos – é só dar uma espiada aqui 🙂  

 

1.2 Face

O Face permite realizar detecção facial, identificação de pessoas, reconhecimento de emoções e reconhecimento e agrupamento de rostos semelhantes em imagens. Gostou?! Da uma olhadinha nas demos da Microsoft 🙂 

1.3 Video Indexer (Preview)

Basicamente, o Video Indexer realiza as mesmas tarefas que o “Face”, porém de uma maneira especifica para vídeos. Já pensou em usar reconhecimento facial em vídeos? Ele permite isso! Não é demais? Só tome cuidado no uso –  a ferramenta ainda está em Preview. Veja o exemplo

1.4 Custom Vision (Preview)

Este serviço permite criar um Computer Vision personalizado. Imagine que você quer reconhecer uma imagem específica dentre três possibilidades específicas… basta criar o serviço definindo quais as imagens e as possibilidades e ser feliz 🙂 . Veja um exemplo

2. Conhecimento

Com serviços especializados em conhecimento podemos mapear dados e informações complexas para a realização de tarefas como pesquisa e semântica.

2.1 QnA Maker

Nele você pode criar bases de dados de conhecimento baseado em coleções de Perguntas e Respostas. Da uma olhadinha no nosso último Post pra entender um pouco mais sobre o QnA Maker. 

2.2 Custom Decision (Preview) 

Com o Custom Decision você terá em suas mãos uma API de tomada de decisão contextual baseada em nuvem que se torna melhor com a experiência (saiba mais aqui). Cuidado ao utilizar – ainda está em Preview 🙂 

3. Idioma

Permite processar textos escritos em linguagem naturalmente em diferentes idiomas para que, através deles, possa-se extrair informações que permitam uma melhor compreensão do que o usuário deseja.

3.1 Text Analytics

Com ele é possível analisar um texto e extrair o sentimento que o usuário tinha enquanto o escrevia (se era positivo ou negativo). Isso é bem útil para captar se o seu chatbot está alcançando o sucesso esperado com o usuário, mas tenha em mente que, na data em que este Post foi escrito, a Microsoft ainda não tinha suporte para o português Brasileiro. Simule alguns cenários aqui

3.2 Bing Spell Check

É um serviço de corretor ortográfico e contextual que permite auxiliar o usuário na correção dos seus próprios textos. Simule alguns cenários aqui.

3.3 Language Understanding (LUIS)

É um serviço de reconhecimento de voz baseado em aprendizagem de maquina. Ele permite criar uma compreensão natural no seu chatbot. Dá uma olhada no nosso post pra saber mais como usá-lo ^^ 

3.4 Translator Text

Outro serviço muito bom, o Translator Text pode ser utilizado como ferramenta de tradução direta para seu usuário ou como um intermediário que permita consumir os demais serviços cognitivos que só estão disponíveis em inglês. Além de traduzir o texto, ele também capta qual o idioma em que o texto foi escrito. Saiba mais.

3.5 Content Moderator

Este serviço disponibiliza API’s de moderação de conteúdo para o caso do seu chatbot ter que lidar com alguns cenários como, por exemplo, conteúdo adulto em imagens e vídeos, imagens ofensivas, texto com conteúdo indesejável, entre outros. Saiba mais.

4. Fala

Utilizando os serviços cognitivos direcionados a fala você poderá converter áudio falado em texto, utilizar o modo de verificação e ou mesmo reconhecimento de voz. Apesar de estarem disponíveis e serem super legais, tomem cuidado ao utilizá-los em suas aplicações que estão em produção, pois todos eles estão em modo Preview.

4.1 Speech to Text (Preview)

Este serviço disponibiliza API’s de transcrição de voz para texto. Ele inclusive fornece modelos personalizáveis para sotaques únicos. Simule alguns cenários aqui. 🙂 

4.2 Text to Speech (Preview)

Permite transformar um texto em um áudio falado. Veja funcionando aqui

4.3 Speaker Recognition (Preview)

Um dos mais legais na minha opinião, este serviço faz o reconhecimento de voz e pode ser utilizado tanto para segurança quanto para o entretenimento, conforme as demos nos mostram 🙂 

4.4 Speech Translation (Preview)

No Speech Translation você pode utilizar as facilidades do serviço de tradução em tempo real no seu chatbot. Ele é muito interessante para um cenário onde seu usuário está conversando com outra pessoa que fala um idioma diferente do dele. Saiba mais.

5. Pesquisa

Com o modo de Pesquisa você poderá adicionar ao seu chatbot, através da API de Pesquisa do Bing, o poder de vasculhar bilhões de páginas da Web atrás vídeos, notícias e imagens.

5.1 Bing Web Search

Permite utilizar o Bing para realizar pesquisas e obter imagens, vídeos e etc através de uma única chamada a uma API. Saiba mais.

5.2 Bing Custom Search

Crie sua pesquisada personalizada de nível comercial (ou seja, utilizando de filtros específicos voltados para seu modelo de negócio), permitindo obter os resultados mais adequados à sua empresa. Saiba mais.

5.3 Bing Video Search

Utilize os serviços de busca de vídeo do Bing  para obter uma lista de vídeos de diversos artistas, músicas, do que seu modelo de negocio necessitar e o melhor sem a presença de anúncios. Veja como funciona

5.4 Bing Image Search

Possibilita ao seu usuário uma consulta completa de imagens da web utilizando a Api do Bing e seus filtros personalizados, a Api também retorna miniaturas das imagens buscadas e suas respectivas informações do site em que ela está publicada. Veja mais.

5.5 Bing Visual Search

Este serviço disponibiliza API’s de Visual Search do Bing para diversas tarefas, como: identificação do contexto da imagem, identificação de celebridades presentes em um a determinada imagem, ler textos presentes em imagens, etc. Veja mais alguns exemplos aqui

5.6 Bing Entity Search

Utilizando este serviço sua aplicação ficará mais inteligente com a capacidade de buscar informações de diversas entidades, tais como pessoas famosas, lugares, filmes, programas de TV, video-games, livros e até empresas, através dessa chamada de API do Bing. Simule alguns cenários aqui. 🙂 

5.7 Bing News Search

Está pensando em criar um chatbot que informa diversas notícias do mundo? Não deixe de utilizar esta API do Bing que é capaz de te retornar todas as notícias através de filtros específicos como temas, horários, locais e etc. Veja alguns exemplos.

5.8 Bing Autosuggest

Torne a experiência do seu usuário melhor fazendo com que ele digite menos, utilizando o serviço de inteligência do Bing que sugere em torno do contexto as próximas palavras para ele. Simule alguns cenários aqui. 🙂 

Cognitives Services to Business

Se você é que nem eu, aposto que está com a cabeça a mil; varias ideias correndo, sentindo a vontade de aplicar esses serviços no seu chatbot… bom, muita calma! Claro, tem muitos serviços legais aqui, mas você precisa ter uma coisa em mente: o serviço não importa. O resultado que ele trará para o negócio é que importa. Então, antes de sair escolhendo, pense: “será que esse serviço vai trazer resultados bons para o meu negócio?”. Se a resposta for sim, vai fundo. Senão, corra para as colinas.

Lembre-se: se você gostou muito de algum serviço e quer usá-lo, mas não faz sentido agregá-lo à sua aplicação atual, é muito melhor criar uma nova onde você pode desenvolver melhor tanto o serviço quanto o problema que quer resolver. Não fique querendo juntar diversos serviços numa só aplicação, pois isso só irá atrapalhar seu negócio. Serviços sozinhos não vão fazer sucesso; é a sua ideia, seu negócio, que realmente importa.

Então, dê um passo para trás, respire fundo… abra sua mente… e só então, use e abuse dos serviços cognitivos com moderação. 🙂 

Finalizando…

Por hoje é só pessoal. Eu quis trazer informações sobre os serviços cognitivos para que, futuramente, possamos utilizá-los para implementar funcionalidades nos nossos chatbots. Não quis entrar em muitos detalhes sobre eles porque (e é sério), daria para criar um livro rs. Por isso, peço que, se gostaram de algum serviço específico ou estão com dificuldade em utilizar algum deles, não se acanhem; comentem aqui e não mediremos esforços para ajudá-los (podemos até criar Posts específicos com “Hands-on” dos seus problemas, quem sabe ^^).

Espero que tenham gostado e até a próxima =D

Obrigado, amém 😛