Você já deve ter ouvido em algum evento, meetup, video ou até conversando com seus amigos de profissão, mas você sabe qual é a diferença entre IaaS, PaaS e SaaS?

Estas buzzwords tem se tornado bastante populares graças à forte abrangência dos grandes portais de cloud, como Azure, AWS, Google Cloud entre outros.

IaaS, SaaS e PaaS são modelos de serviço oferecidos em cloud computing e possuem diferentes níveis de controle, flexibilidade e gerenciamento. Neste artigo abordaremos estes modelos na forma que são oferecidos pelo Windows Azure.

 

IaaS – Infrastucture as a Service / Infraestrutura como Serviço

Fonte: https://azure.microsoft.com/pt-br/overview/what-is-iaas/

Neste modelo de serviço o seu provedor de cloud irá disponibilizar para o seu uso serviços voltados para infraestrutura como backup, redes, VMs, servidores são alguns exemplos desta modalidade. Algo que vale a pena ser mencionado é a flexibilidade oferecida neste serviço, em armazenamento, velocidade e configuração de servidores e serviços. Esta flexibilidade é vertical, por exemplo você pode alterar os configurações do seu servidor, mas não obter mais servidores ao menos que você utilize serviços próprios para isto.  No IaaS você será o responsável por cuidar de toda a configuração necessária para o uso, como instalação de servidores de aplicação, certificados, SOs, firewalls etc.

 

PaaS – Plataform as a Service / Plataforma como serviço

Fonte: https://azure.microsoft.com/pt-br/overview/what-is-paas/

Neste modelo de serviço o portal irá disponibilizar a plataforma para desenvolvimento e gerenciamento do seus aplicativos na nuvem, sem que você precise se preocupar com a configuração de infraestrutura necessária para que esta plataforma esteja em funcionamento, configurações como SOs, servidores de aplicação e etc. Um servidor que hospeda seu site é um exemplo de um serviço PaaS. O Windows Azure, além de IaaS e SaaS, também se encaixa nesta categoria por oferecer ao usuário a plataforma necessária para desenvolver as suas próprias aplicações sem que ele precise se preocupar com a infraestrutura por traz disto.

Então quando você hospeda um site .NET em serviço de hospedagem, você contrata a plataforma de hospedagem, não importando neste momento as configurações adicionais de infraestrura que proverão esta plataforma.

 

SaaS – Software as a Service / Software como Serviço

Fonte: https://azure.microsoft.com/pt-br/overview/what-is-saas/

Software como serviço caracteriza-se pela oferta de um produto completo hospedado e gerenciado pelo fornecedor. Normalmente neste modelo de serviço o usuário adquiri algum tipo de licença temporária ou não de uso. Entenda o software aqui como um produto pronto para o usuário final. O Office 365 é um exemplo de SaaS, assim como provedores de email, ERP entre outros.

 

A imagem abaixo descreve bem as responsabilidades envolvidas em cada um dos modelos de serviço:

Fonte: https://stack247.wordpress.com/2015/05/21/azure-on-premises-vs-iaas-vs-paas-vs-saas/

 

 

 

Referências:

https://azure.microsoft.com/pt-br/overview/what-is-iaas/

https://azure.microsoft.com/pt-br/overview/what-is-paas/

https://azure.microsoft.com/pt-br/overview/what-is-saas/

https://aws.amazon.com/pt/types-of-cloud-computing/

 

(Cross-post de http://rsamorim.azurewebsites.net/2017/07/31/iaas-paas-e-saas-qual-a-diferenca/)