Fui convidado pela Unip para dar aulas de Programação Orientada a Objetos no curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas. Começo nesta segunda-feira. Vai ser um processo interessante, já que estou bem acostumado a dar aulas, mas não em cursos superiores. O Victor Cavalcante é óbvio responsável pelo convite da Unip, então fica aqui meu reconhecimento pela indicação.

O mais interessante é que eu sou um grave crítico do ensino superior de tecnologia no Brasil, e tenho agora uma oportunidade de fazer diferença. Em último caso, vou poder dizer: "Não no curso que eu ministro". Quem já passou por um teste técnico meu sabe que eu não brinco em provas, então meus alunos não devem esperar um tempo fácil, vou ser o típico professor exigente. E vai ser interessante passar meu conhecimento com OO para mentes frescas (em maioria), poder moldar o que geralmente chega todo torto no mercado de trabalho: conceitos.

Melhor ainda que praticamente toda a graduação da Unip é baseada em C#, ou seja, estarei de férias.