Esse é o primeiro de uma série de posts que faremos sobre a mais recente atualização do Guia do Scrum, o Scrum Guide, que aconteceu dia 6 de Julho de 2016. Nessa atualização, os valores que compõe a base do Scrum são elencados, deixando-os claro. Em cada post discutiremos um dos valores, o por que de sua importância, o impacto na comunidade na indústria, entre outros assuntos. Diferentes pessoas da Lambda3 trabalharão cada valor, dando ao todo uma visão mais completa, vista por ângulos diferentes.

A novidade foi apresentada em um webcast feito pelos criadores do Scrum, o Ken Schwaber, da Scrum.org e o Jeff Sutherland, da Scrum Inc. Em seguida, Dave West, da Scrum.org, fez um recap do que foi apresentado, no blog da Scrum.org (leia o post aqui). A Scrum.org também anunciou oficialmente no seu site (leia o press release). A versão atualizada já está disponível em scrumguides.org, e pode ser baixada em diversos idiomas, inclusive o português, ou lida diretamente online (a versão em português ainda não foi atualizada). O webcast ainda não está disponível online, mas será liberado em breve.

Nesse post vou introduzir o assunto, e explicar porque essa mudança no Scrum Guide é importante, nos seguintes detalharemos cada um dos valores.

É importante deixar extremamente claro que os valores já faziam parte do Scrum. A atualização recente só vem para evidenciá-los.

Os valores

Foram detalhados 5 valores. Em inglês, courage, focus, commitment, respect e openness. Em português, coragem, foco, compromisso, respeito e transparência/abertura/franqueza (o termo tem mais de um significado em inglês – falarei sobre isso em post específico). Veja a imagem representando os valores no começo deste artigo.

Valores são importantes para quem trabalha com Scrum

Valores são importantes para os praticantes do Scrum (e da agilidade em geral) porque nos fazem avaliar nossas atitudes. Por exemplo, se um membro do time esconde uma informação do projeto de um colega, isso fere o valor de transparência. Se o time aceita mudar uma estimativa por pressão de um cliente do projeto, isso fere os valores de coragem, respeito e compromisso. Esses são exemplos objetivos, onde os valores talvez nem fossem tão necessário para notar um problema no Scrum. Mas há situações onde um problema pode não ser tão óbvio. Vou dar um exemplo.

Imagine que um projeto está sendo desenvolvido para a área de marketing da empresa, e o PO nomeado pela gestão da empresa é da área de vendas, não da área de marketing. No planejamento de uma sprint um gestor da área de marketing, que participa da reunião, e não é o PO, demanda que o sprint backlog seja diferente do backlog proposto pelo PO, e apresenta, de maneira bastante clara, argumentos sólidos e de negócio para basear sua demanda, causando um desconforto para todo o time Scrum, inclusive, claro, para o PO, que diz discordar da direção proposta, mesmo não sendo da área de marketing, e com dificuldade de expor seus argumentos.

Nesse cenário, imagine como os valores do Scrum podem auxiliar o time a se mover na direção correta. O time deve aceitar ou não? Como cada valor direciona a interpretação do time? Para onde o valor de foco aponta? O que um time com coragem deve fazer? Quais as opções disponíveis?

Não vou dar as respostas, minha intenção é que vocês busquem as respostas nos valores.

Valores também são importantes para os praticantes do Scrum porque colocam uma restrição importantíssima no Scrum, garantindo que ele se manterá em uma direção esperada e confiável.

E por fim, valores ajudam a deixar o Scrum mais fluido e natural. É comum, por exemplo, que os times caiam na rotina e não pratiquem corretamente a reunião diária, depois de um tempo de projeto. Valores como respeito e compromisso ajudam a manter todos atentos, e tirar a ênfase processual, que com frequência nos assola.

Valores são importantes para as empresas que decidem adotar o Scrum

Mais de 85% das empresas que trabalham com desenvolvimento ágil utilizam Scrum (segundo o Forrester Research – Global Agile Survey). É de longe o framework ágil mais adotado no mundo. Será mais fácil agora para quem decide trabalhar com desenvolvimento ágil, o que, com frequência significa Scrum, entender a quais valores está aderindo e avaliar como se preparar para eles.

É importante lembrar que tais valores são absolutamente importantes para um time de desenvolvimento de software funcional, não apenas para o Scrum. Lembrando o infeliz episódio que aconteceu uns anos atrás, quando o PMI resolveu discutir agilidade indicando uma série de contra-indicações. Se sua empresa tem problemas com os valores do Scrum, ela tem problemas mais graves do que a adoção da agilidade.

Valores na cultura ágil

Além do Scrum, temos outras manifestações de valores que considero importantes. Faz todo sentido que comecemos com a mais óbvia, que é a que vem do Manifesto Ágil, de 2001. Nele, os valores são expressos como uma contraposição de duas ideias (preferimos indivíduos e interações a processos e ferramentas), diferente da forma que o Scrum agora coloca, com uma única palavra que identifica o conceito que tem valor. Ainda assim, cumpre o mesmo objetivo, de forma mais verbosa, é verdade, mas tão valorosa quanto, e bastante complementar aos valores do Scrum.

O XP, ou eXtreme Programming, de 1996, traz os valores na mesma forma que hoje o Scrum traz, e também como 5 valores. São eles: simplicidade, comunicação, feedback, respeito e coragem. Há uma sobreposição clara de 2 valores, mas nota-se no conjunto que a sobreposição das ideias é muito maior. O XP segue sendo uma das principais escolas da agilidade, e vale a pena também aprofundar nos seus valores.

Concluindo

A adoção de valores claros no Scrum é bem vinda. Sendo o framework ágil mais em uso no mundo, ajuda a trazer clareza a todos os envolvidos, e ajudará no entendimento do framework como um todo. Nos próximos dias publicaremos um aprofundamento em cada um dos valores.

Os artigos ainda estão sendo escritos. Tem alguma dúvida? Quer que aprofundemos em determinado aspecto? Deixe seus comentários aqui no blog.

Update 1 (13/07/2016 19:15): O vídeo do webcast foi liberado: