Gostaria de compartilhar com vocês um overview sobre os Estágios de Tuckman.

Falando um pouco sobre Tuckman, ele se chama Bruce Wayne Tuckman, nasceu 1938 e realizou uma pesquisa sobre a Teoria da Dinâmica de Grupo.

  • Em 1965, ele publicou uma de suas teorias chamada “Estágios de Tuckman”.
  • Em 1977, acrescentou um quinto estágio, Adjourning e mais tarde Transforming.

Segundo Batman Tuckman, em seu primeiro trabalho, seu chefe lhe pediu que “desse uma olhada” em alguns estudos sobre Comportamentos em Grupo. Após organizá-los começou a procurar por padrões de comportamentos que se encaixassem na maioria dos estudos. Foram 4 as etapas mapeadas: Forming, Storming, Norming, Performing, as quais definem a evolução de um grupo ao longo do seu tempo de convivência.
Trazendo para uma visão mais pragmática, ao longo das iterações, o grupo vai passar por cada um desses Estágios de Tuckman.

fsnp

Forming

Quando um grupo é montado, ele entra no primeiro estágio denominado Forming. As principais características desse estágio são a hesitação e concessão, momento o qual os membros do grupo demonstram muito otimismo e orgulho por fazerem parte de uma equipe em prol de alcançar o objetivo com excelência. Sendo assim, esses membros  começam a experimentar os limites de comportamento que eventualmente serão “aceitos” pelo grupo.
É comum que durante esse estágio o Facilitador do grupo seja o referencial de líder. Assim, é imprescindível a competência de mentoring do Facilitador.
Cenários:

  1. Pouca proatividade na participação do Planejamento do Produto.
    • Fator crítico para atender as expectativas do Usuário.
  2. Individualismo no desenvolvimento de tarefas.
    • Ferramentas como o Pair Programming e Code Review devem ser sugeridas com freqüência.
  3. Timidez na comunicação.
    • A comunicação deve ser motivada a todo momento pelo Facilitador

Storming

O grupo continua no processo de autoconhecimento, entrando em Storming, que se configura quando seus membros se conscientizam das complexidades referentes ao desenvolvimento do Produto.
A convivência se torna problemática e serão travados muitos embates de cunho técnico e pessoais. A concessão dá lugar as competições movidas por questionamentos, tais como, o nível de conhecimento dos demais membros do grupo e a necessidade da substituição de alguns deles.
Dessa competição, emergem as panelinhas coligações entre os membros com maior afinidade, ensaios das primeiras normas que obviamente não são realistas, sendo logo abandonadas. Haverá também uma preocupação excessiva com a forma que o trabalho está sendo feito.
A resistência à melhoria contínua e adaptação dos processos, tornam-se um obstáculo em vista da a real eficácia do grupo em entregar o Produto.
Em resumo, os membros do grupo adquirem comportamentos mimados egoístas e vaidosos.

Bem, fazer a “travessia da tempestade” requer algum gasto de energia e perseverança. Os membros do grupo devem assumir uma postura mais profissional, aceitar riscos da convivência e, principalmente, reparar os ruídos de comunicação. Toda comunicação mal interpretada deve ser esclarecida para, então somente, retomar o curso em prol da sua maturidade.

Norming

Daí as coisas começam a se acertar, então chegamos ao Norming, um dos estágio mais fáceis de se identificar, uma vez que o grupo começa se reconciliar, surge a consciência da lealdade e responsabilidade. Um por todos e todos por um!
Continuam a existir embates, contudo são construtivos. Os membros se esforçam para administrar os conflitos, criando normas de conduta e processos coerentes à realidade de seu grupo.

Performing

Depois de muita convivência e entrosamento, alcançamos o Performing. O grupo adquiriu uma visão mais coesa dos processos e códigos de conduta aceitos por seus membros. A segurança e a previsibilidade são as principais características desse estágio.

Nesse momento, os membros estão mais disciplinados e entrosados, diminuindo o risco de assuntos paralelos que consomem os esforços do grupo. A maturidade é suficiente para estimar com maior credibilidade e entregar o Produto com maior qualidade.

Adjourning e Transforming

O Adjourning somente ocorre por motivos inerentes à existência do grupo. Nesse estágio os membros vão sendo absorvido por outros grupos até a dissolução completa do anterior, porque não faz mais sentido mantê-lo. Notem que sempre que há a saída de algum membro ou a entrada de novos, o grupo tende a rever alguns desses estágios!
O Transforming somente ocorre por motivos inerentes à entrega do Produto, ou seja, quando um novo Produto é entregue para ser desenvolvido pelo mesmo grupo.

Pessoal visto o que foi descrito no post, em qual dos Estágios de Tuckman você acha que o seu Time está agora?!

[]’s

 

Fontes